6 de set de 2013

Hidratando com Glicerina

Todo mundo que acompanha o blog sabe que eu sou apaixonada por produtos de cabelo e sempre procuro um jeito de deixar ele saudável gastando pouco. 

Esses dias me deparei com vários post de blogueiras "famosinhas" falando da glicerina. Eu já sabia da existência dela e do uso da mesma nos cabelos e pele, mas nunca tinha testado. 

A glicerina é facilmente encontrada em qualquer farmácia, eu paguei R$4,00 em um pote de 100ml. 



Ela é um líquido transparente e não tem cheiro nenhum. É também muito solúvel em água. A glicerina é feita a partir da hidrólise da gordura do coco e da palma. O interessante é que em um ambiente com 70% ou mais de umidade, ela tem capacidade de atrair essa umidade para dentro dos fios ou para a pele. E também de reter essa umidade dentro deles. 

Então isso é ótimo para quem tem cabelos muiiito secos, como eu. Ao adicionar uma colher de glicerina no creme de tratamento ele vai estar puxando a umidade do ambiente para dentro do fio e logo formará uma camada protetora para manter a hidratação por mais tempo.

Não é ótimo?! Tudo que queremos! Uma hidratação fácil e barata, e o melhor, duradoura =)

Buenas, uma outra dica ótima é fazer um spray de brilho e hidratação. 

É super simples e você vai gastar muito pouco. Eu usei um pote com spray e misturei metade do pote de água filtrada + 2 colheres de glicerina + 1 ampola de vitamina + 2 colheres de creme para pentear. Misture bem. 
Depois é só passar nos fios secos ou úmidos (como preferir) e não precisa enxaguar. 

Eu adorei o resultado, meus fios ficaram mais brilhantes, com menos volume e mais hidratados. 

Gostei mais assim do que fazendo hidratação com a glicerina. 

Mas cuidado!!! Só faça a hidratação em um dia úmido, porque se tiver pouca umidade no ar o processo pode ser o contrário e o fio pode acabar ficando muito mais ressecado do que já estava.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui!

 
BELEZA INCONDICIONAL - COPYRIGHT © 2015 - DESENVOLVIMENTO E CODIFICAÇÃO POR: ROBERTA KRUTZMANN